A Eucaristia das 10h00, no Santuário de Nossa Senhora dos Remédios, teve uma especial animação no Domingo de 2 de fevereiro passado, em que se celebrou a Festa da Apresentação do Senhor, na qual participaram Consagrados de vários Institutos da Diocese de Lamego.

A homilia de D. Jacinto
Após a bênção das velas, “cujo brilho representa Aquele cuja Luz já refulge em nós e nos chama a anunciar a Luz que há de vir”, como dizia na sua homilia D. Jacinto Botelho, que presidiu à celebração e convidou a assembleia a acorrer, como Simeão e Ana ao templo, aonde aconteceu um encontro de contrastes: Maria e José, jovens, apresentando o seu filho ao Senhor, e dois velhinhos acolhendo-O, mas os quatro envolvidos na ternura por um bebé; contudo, por outro lado, a dureza da afirmação que uma espada trespassaria o coração de Maria. D. Jacinto desafiou-nos a que ninguém permanecesse inerte, num mundo envolvido nas trevas do ódio, da marginalização, do aborto… mas que, através da mudança de vida, todos resplandecêssemos na sociedade para que esta se renove em Cristo.
Os religiosos e as religiosas são homens e mulheres simples, que, como Simeão, animados pelo Espírito Santo, viram este Bem Supremo – “…os meus olhos viram a salvação”, e acreditaram.  O nosso tempo tem absoluta necessidade dos consagrados, pois o seu testemunho é a melhor revelação da face de Deus. Assim os conselhos evangélicos manifestam a escolha que liberta a pessoa para uma actuação mais plena das suas possibilidades.
D. Jacinto terminou a sua homilia pedindo aos Consagrados que fossem incansáveis no serviço de anunciadores da Verdade, e como Maria, se deixassem guiar sempre pelo Amor de Deus.

Jubileu de Consagração
Antes da bênção final foi homenageado o Padre Avelino da Silva, já há longos anos presidente da Conferência dos Consagrados de Lamego, por perfazer este ano o jubileu dos seus 50 anos de consagração.

Confraternização
A seguir à eucaristia festiva, as Consagradas reuniram-se com o Sr. Bispo no salão da Comunidade das Irmãs Franciscanas, para um aperitivo partilhado, muito fraterno, em que se prestaram também informações relevantes sobre os vários Institutos representados.

Ir Teresa Frias, Serva de Nª Sª de Fátima,
in Voz de Lamego, ano 90/10, n.º 4545, 4 de fevereiro de 2020

cirp

GRÁTIS
BAIXAR